Pessoas por todo mundo persa estão encontrando esperança nessa Páscoa. Reconhecendo que Jesus restaurou nossa relação com Deus pelo seu sacrifício, eles estão sendo transformados, e reconstruindo seus relacionamentos destruídos.

Drogas, abuso, traição e desapontamento, todos contribuem para suas relações destruídas no Oriente Médio e Norte da África. Entretanto, na SAT-7, nós estamos vendo mudanças maravihlosas acontecendo na região.

UM NOVO CORAÇÃO

Fiéis do Irã frequentemente contatam a SAT-7 PARS, pedindo oração para pessoas que eles não têm tido uma boa relação.

Essas orações têm mudado vidas.

“Enquanto eu comecei lentamente perdoar aqueles que no passado eu não conseguia, eu notei que Deus estava reparando minha relação com eles,” explica Mona, uma espectadora do Irã.

Perdoar outros pela dor que eles causaram é difícil, mas pedir perdão àqueles que machucaram pessoalmente também pode ser um processo doloroso. Espectadores persas, entretanto, estão se humilhando e seguindo o exemplo de Cristo.

“Eu decidi pedir perdão para aqueles que eu machuquei no passado,” escreve Sima, também do Irã.

ALÉM DAS FRONTEIRAS

Superando diferenças e conflitos regionais, esse ato de amor está indo além de perdão a parentes e amigos, está cruzando as barreiras.

Um espectador do SAT-7 PARS nos contatou e descreveu como ele e um grupo de amigos iranianos lavaram os pés de afegãos, árabes, turcos e judeus para demonstrar que o amor de Deus supera todas as diferenças.

AME SEU INIMIGO

“Ame seus inimigos e ore pelos que te perseguem” (Mateus 5:44) é um dos mandamentos mais dificeis que Jesus deu, mas os fiéis persas estão seguindo seus passos. Orando para aqueles que os perseguem, iranianos estão enviando uma mensagem poderosa para o mundo.

Um espectador do SAT-7 PARS compartilhou essa oração conosco:

“Senhor, nós oramos para que todos iranianos possam conhecer a verdade… Toca os corações daqueles que detêm as rédeas do poder no país; conceda-lhes corações e ouvidos sensíveis.”

 

*Nomes foram mudados por questões de segurança.