Todo mês, o canal SAT-7 PARS recebe centenas de mensagens de espectadores do Irã, Afeganistão, e Tajiquistão. Suas mensagens refletem nos desafios que eles estão passando – mas também o suporte e o encorajamento que eles estão encontrando assistindo programas cristãos encorajadores e entrando em contato com o time de Relações de Audiência da SAT-7.

Muitas pessoas no mundo persa nunca têm a oportunidade de aprender sobre o Cristianismo. Os recursos cristãos são limitados, e frequentemente restritos nesses países, mas o canal SAT-7 PARS está transmitindo programação cristã nesses países 24/7.

“Eu fui conhecer sobre o Cristianismo assistindo o SAT-7 PARS,” disse Masour* do Afeganistão.  “Eu gostaria de orar com você e entregar minha vida e coração a Jesus. Muito obrigado pelos programas e os testemunhos que vocês transmitem – eles são um encorajamento real e nos habilita a conhecer mais sobre Jesus. Por favor, orem pela minha esposa Nina, por mim e pelos nossos três filhos.”

ENCONTRANDO RESPOSTAS

Um espectador Iraniano, Shahrad, descreveu como Jesus apareceu para ele em um sonho: “Há uns seis meses atrás eu tive o mesmo sonho intrigante, duas vezes seguidas. Eu sonhei que uma mão estava estendida para mim, e apesar de eu não lembrar da face da pessoa, eu me lembro da voz que era quente e gentil. Ele me disse, venha até mim, meu filho.”

Shahrad procurou perseverantemente por uma interpretação de seus sonhos e não encontrou nenhuma resposta satisfatória, e eventualmente esqueceu disso, até que algo correu em sua memória.

“Um dia, acidentalmente, eu assisti o programa do SAT-7 PARS que falava sobre Jesus dizendo ‘venham a mim todos que estão cansados’ e isso me fez querer conhecer mais sobre o Cristianismo. E então eu me lembrei do meu sonho, e percebi que a pessoa no meu sonho era Jesus.”

NUNCA ESQUECIDOS

Muitos fiéis no Irã se sentem isolados e contatam o time de Relações de Audiência da SAT-7 para oração e ajuda. O time de Relações de Audiência são falantes do persa, muitos deles originalmente do Irã, e podem se relacionar com os telespectadores que estão contatando.

Adoração cristã pública no Irã é uma coisa que os fiéis frequentemente evitam por causa de questões de segurança. Isso significa que os fiéis podem se sentir frequentemente solitários, pelo fato de eles não poderem compartilhar sua fé com outros irmãos e não ter uma comunhão. Isso se reflete em mensagens como a de Dina: “Que as bençãos de Deus estejam sobre vocês, amados. Não nos esqueça enquanto oram, porque nós somos dependentes das suas orações.”

Outro espectador, Maneli, disse: “SAT-7 PARS é a nossa alma; pregando a palavra e mostrando bondade para nós, não esquecendo de nós fiéis que estamos no Irã. Eu estou sozinho, mas encho minha solitude com vocês e estou cheio do Espírito do Senhor. Obrigado por não nos abandonar e ser uma benção.”

PROCURANDO SUPORTE

A vida no Irã é difícil para muitos. Assim como o senso de isolação espiritual, muitas das mensagens que o canal PARS recebe, refletem outras pressões que os iranianos estão experenciando. A economia em declínio do país está sendo pressionada por sanções restabelecidas, impactando as pessoas mais pobres – muitos deles que estão se sentindo sozinhos e esquecidos.

Bahram escreve: “Eu realmente preciso das suas orações. Por favor, não se esqueçam de mim e dos meus filhos em sua oração, para que o Senhor estenda sua bondade, misericórdia e bençãos para nós; para que possamos ter uma renda e conhecer a paz do Senhor enquanto vivemos lado a lado…”

Em meio a pressões diárias e desafios que desgastam a resiliência de muitos, os espectadores do SAT-7 PARS estão recebendo suporte e encorajamento do time de Relações de Audiência. Eles agem como um ouvido, respondem questões, e dão conselhos.

Esse investimento está tendo um impacto enorme como em Hengameh: “Obrigado pela mensagem, por pensar em nós e em todo nosso povo. Tanto assistindo seu programa, como quando entro em contato com vocês, eu fico cheio de muita paz. Obrigado por se lembrar do meu filho e de todos nós em todas suas orações.”

UNIDOS EM ESPÍRITO

Outro espectador, Minou, reflete na união dos fiéis que não reconhece as barreiras: “Eu sou muito grato, por apesar da distância geográfica entre nós, estamos juntos em espírito. Obrigado, Deus, por Jesus que nos uniu, pelo Espírito Santo que tem nos dado paz em nosso espírito, pela esperança da salvação em nossos corações e por vocês que sempre estão pensando em nós, nos edificando e abençoando com suas mensagens.”

Arman, do Irã, escreveu: “Eu sou grato a Deus pela bondade de vocês, por acompanhar, e por ter um Pai celestial amado que de alguma forma conecta sua família independentemente de onde eles estejam; para que nós possamos aproveitar e nos beneficiar do fervor um do outro, da bondade e da fé e seremos edificados. Que a paz do Senhor Cristo esteja com todos vocês.”